X

04/08/2021

Sinqia (SQIA3) divulga os resultados do 2T21

Anunciamos os resultados consolidados do segundo trimestre de 2021 (“2T21”).

 

Destaques 2T21

Estratégia de Inovação

Anunciamos o investimento do Torq Ventures, nosso programa de CVC, na Celcoin;

Estratégia de Consolidação

Anunciamos a aquisição do negócio de administração previdenciária da Mercer Brasil;

Estrutura de Capital

Anunciamos a emissão de até R$ 250,0 milhões em debêntures;

ARR de Software

Recorde de R$ 272,8 milhões no 2T21 (+81,4% vs. 2T20);

Número de Clientes

497 clientes ao final do 2T21 (+153 vs. 2T20);

Receita Líquida

Recorde de R$ 87,8 milhões no 2T21 (+77,2% vs. 2T20);

Receita Recorrente

Recorde de R$ 82,2 milhões no 2T21 (+88,9% vs. 2T20), 93,6% do total;

EBITDA Ajustado

Recorde de R$ 19,7 milhões no 2T21 (+168,1% vs. 2T20), 22,4% de margem;

 

MENSAGEM DA ADMINISTRAÇÃO

No trimestre, o ARR – Anual Recurring Revenues de Software atingiu recorde de R$ 272,8 milhões, adição de R$ 122,4 milhões e crescimento de 81,4% sobre o mesmo período do ano anterior. Houve um incremento inorgânico de R$ 104,3 milhões proveniente das aquisições da Tree, Fromtis, ISP, Simply e FEPWeb, e uma adição orgânica de R$ 18,1 milhões, impulsionada, sobretudo, pelo bom volume de vendas e reajustes contratuais. Isso significa um crescimento orgânico de 12,1%, ainda sem a contribuição da nova unidade Sinqia Digital, que cresce a taxas expressivas.

A receita líquida registrou recorde de R$ 87,8 milhões, adição de R$ 38,3 milhões e crescimento de 77,2% sobre o mesmo período do ano anterior. Observamos uma adição inorgânica de R$ 29,5 milhões, proveniente das mesmas aquisições, e um incremento orgânico de R$ 8,7 milhões, com evoluções tanto em Software como em Serviços. Isso representa um crescimento orgânico de 17,7%, ainda sem a contribuição da nova unidade Sinqia Digital.

Falando em Digital, gostaríamos de demonstrar melhor seu ritmo: a receita líquida desse negócio, não auditada em períodos anteriores, evoluiu de R$ 7,2 milhões no 2T20 para R$ 12,0 milhões no 2T21, um impressionante crescimento de 66,7%. Isso se justifica porque (i) seus produtos atendem a novas necessidades do sistema financeiro; (ii) sua estratégia comercial é baseada no conceito “land and expand”; e (iii) seu modelo comercial é fundamentando em precificação transacional. Vale ressaltar que esse crescimento ainda não reflete o cross sell com outros negócios da Companhia, que está só começando.

A receita recorrente somou recorde de R$ 82,2 milhões, aumento de 88,9% sobre o mesmo período do ano anterior. E o percentual de recorrência alcançou 93,6%, o maior da história.

O lucro bruto atingiu recorde de R$ 37,5 milhões, crescimento de 123,9% sobre o mesmo período do ano anterior, também com evoluções importantes em Software e Serviços e contribuição especial da nova unidade Sinqia Digital. A margem bruta, por sua vez, foi de 42,7%, o melhor nível em mais de 3 anos, com aumento de 8,9p.p.. Devido à escassez de talentos na área de tecnologia enfrentamos desafios para expandir o número de colaboradores na velocidade desejada, especialmente em P&D, fato que contribuiu positivamente para o desempenho do lucro bruto e da margem bruta apresentados.

As despesas gerais e administrativas somaram R$ 19,0 milhões, expansão de 73,3% sobre o mesmo período anterior, principalmente devido às aquisições. Como o volume aumentou em ritmo inferior ao crescimento da Companhia, elas passaram a representar 21,7% da receita líquida, redução de 0,5p.p..

Por consequência, o EBITDA ajustado registrou recorde de R$ 19,7 milhões, crescimento de 168,1% sobre o mesmo período do ano anterior. E a margem EBITDA foi de 22,4%, aumento de 7,6p.p., finalmente ultrapassando nosso objetivo de 20,0% a curto prazo. Passaremos a mirar um novo objetivo a médio prazo, por meio de otimização do negócio orgânico, captura de sinergias das últimas aquisições e contribuição das próximas aquisições, com margens potencialmente mais elevadas.

A Depreciação e Amortização total somou R$ 11,6 milhões, expansão de 108,1% devido ao incremento proveniente das adquiridas no período, sendo que metade do volume refere-se à amortização do intangível; o resultado financeiro foi de R$ 2,9 milhões negativo; e o IR e CSLL foram de R$ 0,4 milhão positivo. Por consequência, o lucro líquido somou recorde de     R$ 4,8 milhões (8,3x maior), e a margem líquida foi de 5,5% (4,3p.p. maior).

No final do trimestre o caixa bruto foi de R$ 154,1 milhões e, para reforçar o saldo, anunciamos em julho a segunda emissão de debêntures simples da Companhia, totalizando até R$ 250 milhões, que serão utilizados na ampliação da participação no mercado. Parte desses recursos já foram comprometidos com o investimento na Celcoin e a aquisição de um negócio da Mercer; o restante deverá ser comprometido em breve, com novas aquisições. E, no final do trimestre, o caixa líquido foi de R$ 25,0 milhões.

Para aproveitar todas as oportunidades que o mercado nos oferece, pretendemos capitalizar a Companhia. E seguimos focados em nosso plano de consolidação.

 

ACESSE OS RESULTADOS

Confira outras nóticias da Sinqia RI – Todas as notícias

Busca

Notícias

Aquisição da Softpar
Liquidação das Debêntures
Pagamento de dividendos
Aquisição da ADSPrev
Alteração do ticker e nome de pregão
Mudança de Sede
Fechamento da Aquisição da Atena