X

16/11/2021

Sinqia (SQIA3) divulga os resultados do 3T21

Anunciamos os resultados consolidados do terceiro trimestre de 2021 (“3T21”).

 

Destaques 3T21

Estratégia de Consolidação

Anunciamos a aquisição da QuiteJá para reforçar a Sinqia Digital;

Estratégia de Inovação

Selecionamos a gestora de venture capital Canary como nova parceira do Torq Ventures;

Anunciamos um investimento direto na CashWay com o intuito de evoluir em BaaS;

Anunciamos uma parceria com a TechRules para ampliar a oferta em Fundos;

Estrutura de Capital

Realizamos uma oferta de debêntures de até R$ 250 milhões;

Realizamos uma oferta de ações de R$ 400 milhões;

ARR de Software

Recorde de R$ 286,9 milhões no 3T21 (+88,3% vs. 3T20);

Número de Clientes

493 clientes ao final do 3T21 (+148 vs. 3T20);

Receita Líquida

Recorde de R$ 92,1 milhões no 3T21 (+74,5% vs. 3T20);

Receita Recorrente

R$ 81,4 milhões no 3T21 (+73,6% vs. 3T20), 88,4% do total;

EBITDA Ajustado

R$ 16,6 milhões no 3T21 (+88,0% vs. 3T20), 18,0% de margem;


MENSAGEM DA ADMINISTRAÇÃO

O 3T21 foi um dos mais importantes trimestres da história da Sinqia, marcado principalmente por uma oferta de debêntures e uma oferta de ações que viabilizaram o início de um novo ciclo de investimento. Além disso, continuamos avançando nas estratégias de consolidação e inovação e entregamos resultados crescentes.

Concluímos em julho a segunda oferta de debêntures de até R$ 250,0 milhões, dos quais R$ 150,0 milhões já foram integralizados e R$ 100,0 milhões serão integralizados futuramente. Dado o potencial comprometimento desses recursos, tendo em vista o nosso pipeline de M&A, realizamos em setembro a terceira oferta de ações de R$ 400,0 milhões. Esses recursos possibilitarão continuar a consolidação do nosso mercado.

Além da capitalização da Companhia, a oferta de ações nos ajudou a cumprir importantes objetivos: (i) aumentamos a visibilidade no mercado, demonstrando o histórico consistente e o potencial enorme da nossa estratégia; (ii) diversificamos a base acionária, atraindo novos investidores; e (iii) ampliamos a liquidez de forma relevante, incrementando o ADTV em 145% nos 60 dias posteriores à precificação oferta, na comparação com os 60 dias anteriores. Logo, reforçamos ainda mais a nossa presença no mercado.

Iniciamos o quarto ciclo de consolidação com a aquisição da QuiteJá. Esse movimento reforça a presença digital com a entrada no mercado de recuperação de crédito, que movimenta bilhões de reais por ano no Brasil e representa uma importante expansão do nosso TAM, ultrapassando as fronteiras do mercado de software.

Avançamos em nossa estratégia de inovação aberta, nos tornando cotistas da Canary, gestora de venture capital. Isso nos ajudará a ampliar a capacidade de originação do nosso corporate venture capital (CVC). Agora, nosso ecossistema conta com 3 importantes gestoras, Astella, Parallax e Canary além de outros players, como Darwin e a Distrito.

Realizamos um investimento direto na CashWay, startup que fornece soluções tecnológicas para cooperativas de crédito e fintechs. Ela passou a fazer parte do nosso ecossistema por meio da Darwin Startups em 2020. Nos últimos meses, comprovamos uma forte sinergia, principalmente pelo uso do nosso Pix pela startup, e optamos por estreitar ainda mais o relacionamento.

Adicionalmente, firmamos parceria com a TechRules, empresa espanhola, visando ampliar a
oferta na vertical Fundos, com soluções diferenciadas para asset management, private banking e
wealth management. Essa parceria representa mais um passo em direção à construção de uma
solução completa para a vertical.

O 3T21 se mostrou um trimestre extremamente positivo, favorecido pela consolidação das últimas aquisições, com forte crescimento de receita e importante intensificação dos investimentos em P&D. Vale lembrar que os números reportados ainda não contemplam as recém adquiridas Mercer e QuiteJá.

O ARR – Anual Recurring Revenues de Software somou R$ 286,9 milhões no trimestre. Na comparação com o 3T20, houve crescimento de R$ 134,5 milhões (ou 88,3%). Na comparação com o 2T21, houve crescimento de R$ 14,1 milhões (ou 5,2%). Esse é um dos melhores resultados trimestrais desde que começamos a reportar o ARR – graças a isso a receita líquida registrou recorde de R$ 92,1 milhões, crescimento de R$ 39,3 milhões (ou 74,5%) sobre o mesmo período do ano anterior, sendo R$ 81,4 milhões recorrente.

Os custos somaram R$ 56,9 milhões, crescimento de R$ 21,6 milhões (ou 61,0%) sobre o mesmo período do ano anterior, com importante intensificação dos investimentos em P&D visando a integração e modernização do portfólio de produtos. As despesas gerais e administrativas somaram R$ 20,0 milhões, expansão de R$ 11,4 milhões (ou 131,7%) sobre o mesmo período anterior. Excluindo reclassificações de custos para despesas, essa linha teria uma expansão significativamente inferior ao crescimento da receita líquida.

Como resultado, o nosso EBITDA ajustado foi de R$ 16,6 milhões, crescimento de R$ 7,8 milhões (ou 88,0%) sobre o mesmo período do ano anterior, com uma margem EBITDA ajustada de 18,0%, ganho de 1,3p.p.. E o lucro líquido foi de R$ 3,0 milhões, crescimento de R$ 2,1 milhões (ou 248,4%), favorecido também pelo aumento no valor justo dos investimentos do Torq Ventures, que foram marcados a mercado. Ou seja, já começamos a colher os primeiros resultados financeiros do programa.

Nessa reta final de 2021, ressaltamos a consistência dos resultados financeiros e, principalmente, a rápida evolução da estratégia de consolidação. Estamos confiantes com a quantidade e qualidade de oportunidades no nosso pipeline de M&A, trabalhando intensamente para convertê-las no curto prazo e dar continuidade à nossa trajetória de crescimento.

 

ACESSE OS RESULTADOS

Confira outras nóticias da Sinqia RI – Todas as notícias

Busca

Notícias

Aquisição da Softpar
Liquidação das Debêntures
Pagamento de dividendos
Aquisição da ADSPrev
Alteração do ticker e nome de pregão
Mudança de Sede
Fechamento da Aquisição da Atena